Enfim 33 anos – E o que significa esta idade?

Dicas

Enfim 33 anos – E o que significa esta idade?

Quem diria… enfim passei dos trinta. Cheguei nos tão temidos 33 anos… idade de Cristo. Para alguns, uma idade triste e que tende a fazer com o dono do 3.3 sofrer como Jesus sofreu. Para outros, uma idade mística, chamado do propósito, a busca pelo eu interior, um caminho espiritual e libertação de coisas materiais e pequenas.

 

Sinceramente eu não sei exatamente o que estou sentindo. Só posso garantir que estou feliz, que estou bem comigo mesmo e agradecido por Deus me dar a dadiva da vida, e ter chego até aqui com saúde, sem grandes traumas ou coisas tristes em meu caminho.

 

Nesta época de pandemia, já fico grato por estar com saúde.

Mas, aproveitando o ensejo do assunto. Aprendi tantas coisas com esta situação de reclusão social. Consegui enxergar coisas boas, mesmo na tragédia, na tristeza e na dor. De um modo geral, acredito que a humanidade tenha acordado para tantos detalhes que antes passavam desapercebidos por nós. Não sabíamos o quão importante, valiosa e prazerosa é a nossa liberdade de ir e vir sem dar satisfação.

 

Não sabíamos como é bom respirar o ar puro sem o uso de máscaras. Como era bom aquele abraço apertado dos amigos, o aperto de mão de bom dia de todos os dias dos companheiros de trabalho.

 

Particularmente eu descobri que preciso de menos, bem menos do que eu tenho hoje… que sou feliz com muito pouco e que corria tanto atrás de coisas, que hoje não me fazem a mínima falta. Seria a maturidade ou o covid-19?

 

Hoje o que eu mais quero é ter o contato com meus amigos, meus familiares.

Quero aquele churrasco do final de semana. Dos encontros no shopping a tarde para reuniões com meus clientes. Quero a sala de aula cheia, com meus alunos gritando, conversando e eu pedindo silêncio.

 

Eu quero poder abraçar, beijar e dizer olhando o quanto eu amo de verdade cada pessoa que fez do meu aniversário um dia único, exclusivo e diferente.

 

E para cada vez que eu me sentir triste, desanimado ou sem esperança…quero ler este texto e ver as inúmeras dedicatórias que recebi de cada pessoa que me ama, me respeita e me aceita exatamente assim, do jeitinho que eu sou.

 

A todos os meus amigos, familiares e meu parceiro Matheus. O meu muito obrigado. Se eu tivesse que partir hoje, com certeza, eu partiria feliz e com a certeza, de que eu fiz a diferença na vida de vocês e sei que sou amado.

 

Para assistir ao vídeo homenagem dos meus amigos – clique aqui.

 

Tags:

You May Also Like

Review Irrigador Oral Oraljet – Será que funciona?
Maxi Shopping Jundiaí reabre quarta-feira – 3 de junho

Veja Mais…

Menu